Tapetes enfeitam centro de Jales na solenidade do Corpus Christi

Tapetes enfeitam centro de Jales na solenidade do Corpus Christi

Escrito em 24/06/2019
diocese

Desenhos marcaram o trajeto da procissão do corpo de sangue do Senhor conduzida  pelo bispo diocesano

Os católicos voltaram a enfeitar as ruas do centro da cidade de Jales para celebrar a sua fé durante a solenidade do Corpus Christi, que aconteceu na última quinta-feira, 20. As celebrações aconteceram por todas as cidades da área de abrangência da Diocese de Jales. Em Jales, os tapetes foram preparados pelas equipes de liturgia, grupos, movimentos e pastorais e logo pela manhã já estavam estendidos nas ruas Treze, Doze e Onze, marcando o trajeto da procissão que aconteceu no final da tarde.

Às 16 horas, foi celebrada uma missa na Catedral Diocesana Nossa Senhora da Assunção, cuja oferta foi revertida para a Cáritas Paroquial e para os projetos sociais da igreja.

Os desenhos com alusão ao corpo de Cristo (motivo da celebração) e a outros temas católicos (inclusive com referências às equipes responsáveis) foram elaborados sobre recortes de TNT e fixados ao chão com pedaços de garrafas plásticas, preenchidos com areia. Cada garrafa continha uma vela que foi acesa na hora da cerimônia, iluminando o caminho da procissão e dando um toque ainda mais bonito à ocasião.

“Os tapetes foram estendidos por algumas ruas do centro por onde passaram o corpo de o sangue do Senhor, conduzidos pelo nosso bispo Dom Reginaldo e chegando até a Praça da Catedral, onde recebemos a bênção com o Santíssimo Sacramento”, detalhou o padre Valdair Rodrigues.

Responsável pela Catedral, o padre também explicou que o objetivo da solenidade é resgatar a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, dias antes de ser crucificado. A festa marca a introdução da Eucaristia nas missas. A palavra Corpus Christi, é de origem latina e significa ‘Corpo de Cristo’, que nas celebrações da Igreja Católica, é representado pela hóstia consagrada.

“A igreja vive esse momento com muita devoção e muita fé, acreditando na presença real de Jesus Cristo na eucaristia e tendo a certeza desse sacramento. Isso significa a nossa maneira de ser e de viver e expressa a vida de Jesus e o projeto que Ele veio instaurar entre nós, que é chamado Reino de Deus. Para que também possamos testemunhar a justiça, a paz e a fraternidade, tornando nosso mundo o grande altar onde Deus faz a sua habitação e deseja estar entre nós, quando essas virtudes acontecem”. concluiu o padre.

por Alexandre Ribeiro

Jornalista – PASCOM Catedral