Irmã Roza Celebra Jubileu de Prata

Irmã Roza Celebra Jubileu de Prata

Escrito em 21/02/2019
diocese

A Irmã Roza de Fátima Brito, da Congregação das Irmãs Ursulinas do Santíssimo Crucifixo, com casa de missão em Santa Albertina – SP, celebrou no último domingo, dia 17 de fevereiro, seu jubileu de prata, 25 anos de vida religiosa, na sua comunidade de origem em São Francisco –SP, com a missa presidida pelo Bispo Diocesano de Jales, Dom Reginaldo Andrietta.

Em preparação ao seu jubileu, as Irmãs Ursulinas promoveram uma Santa Missão, que se realizou do dia 10 até o dia 16, com o terço da aurora às seis horas da manhã, visitas nas casas e momentos de oração.

A vocação da Irmã Roza já brotava em seu coração desde pequena que dizia que seria freira, mesmo sem ter conhecido. Em sua juventude foi catequista na comunidade. Em uma viagem com seus familiares em Monte Alto, conheceu de fato as freiras que logo já se apaixonou, e fortaleceu em seu coração o desejo de se entregar a Deus. Demorou um pouco para entrar no convento por ser tímida e com o receio de deixar os pais. No dia 26 de dezembro de 1993 fez seus votos de religiosa em Santa Albertina.

A Congregação

A família das Irmãs do Santíssimo Crucifixo, nasceu do coração da Irmã Maria da Cruz de Gregório no dia 2 de julho de 1921, em Castellammare del Golfo na Itália. É uma congregação de Direito Pontifício, reconhecendo nos pobres e nos que sofrem os dolorosos membros de cristo. Sentiu-se por este amor do crucificado, estimulada a oferecer a si mesma e suas companheiras ao serviço dos pobres e sofredores.

A denominação das Ursulinas, indica a origem histórica da congregação nascida como novo ramo da secular arvore da companhia de Santa Ursula, a qual havia pertencido a fundadora e suas primeiras companheiras. O Santíssimo Crucifixo indica o propósito da vida, testemunho, anuncio do Cristo crucificado, poder de Deus e sabedoria de Deus.