Fiéis caminham durante 3 dias de Rubineia a Jales para participar da 34ª Romaria Diocesana de Jales

Fiéis caminham durante 3 dias de Rubineia a Jales para participar da 34ª Romaria Diocesana de Jales

Escrito em 09/08/2018
Edivaldo Mella Janasco

Para celebrar a implantação da Diocese e a Padroeira diocesana Nossa Senhora da Assunção, a Diocese de Jales realiza a 34 anos a Romaria Diocesana de Jales, que reúne milhares de fiéis de Itapura até Mira Estrela, para celebrar a unidade diocesana e a fé como povo de Deus. A Romaria que neste ano será no dia 19 de agosto, tem o seu início previsto ás 14h, saindo da Igreja Santo Expedito, na Av. Nações Unidas, no Jardim Santo Expedito em Jales.

Neste ano em sintonia com o Ano Nacional do Laicato a Igreja destaca a missão do Cristão Leigo e Leiga, que são todos os fiéis batizados, que através do batismo assumem a missão de ser “Sal e Luz“ na Igreja e na Sociedade.

Seguindo o exemplo do povo de Deus descrito no antigo testamento, e também de Jesus e seus discípulos no novo testamento, um grupo de peregrinos de aproximadamente 50 pessoas, de diversas comunidades da diocese, sairão no dia 17 de agosto de Rubineia em Caminhada de Fé rumo a Jales, para participar da 34ª Romaria Diocesana de Jales.

A missa de envio da Caminhada de Fé será no próximo dia 15 de agosto na Solenidade de Nossa Senhora da Assunção, em Rubinéia na Capela Nossa Senhora da Assunção, às 19h.

Este é o terceiro ano do grupo que vem crescendo, e é acompanhado pelo Padre Mario Roberto Faria que caminha junto com os peregrinos.

Antes saiam de Santa fé do Sul, e com a ousadia de ir mais longe, em suas reuniões de planejamento decidiram sair de Rubinéia. No caminho para Jales passam por diversas cidades e casas de famílias que vivem na zona rural. O grupo chegará em Urânia na noite do dia 18 onde pernoitarão para no dia 19 se unir a outro grupo, com aproximadamente 130 pessoas que há 14 anos saem em peregrinação de Urânia a Jales em direção a Romaria Diocesana.

“O que esse grupo de pessoas jovens, de meia-idade e anciãos deseja é vivenciar essa fé peregrina, de saída, «exodal» que animou aqueles que creem, verdadeiramente, em Deus, desde os primórdios da humanidade. Nossa fé não nos deve paralisar, mas impulsionar para SAIR, transformar, mudar direção, mentalidade! ”. Explicou o Padre Telmo Figueiredo em um artigo publicado no site da Diocese de Jales, que explana sobre o sair e caminhar do povo de Deus na Bíblia.

Sair e caminhar é o nosso destino!